Venda Sua Casa Agora e me Agradeça Depois

[O post a seguir é somente um relato pessoal de um ser humano que passou por algumas experiências tanto possuindo imóvel próprio quanto alugando de terceiros]

Existe no Brasil uma corrente em crescimento de pessoas que estão vendendo suas casas próprias. O motivo? é mais vantajoso alugar um imóvel ao invés de comprá-lo.

Se você jogar no Google “comprar casa é para otário” vai entender do que estou falando.

Há uma crença criada por gerações passadas que perdura até os dias de hoje que, levando em consideração nosso cenário econômico e a evolução principalmente da tecnologia, pode destruir a vida e os sonhos de muita gente. Sim, destruir. E já vamos ver o porquê.

Porque comprar uma casa própria não é um bom investimento

Digamos que você conseguiu comprar seu imóvel por R$ 500.000,00 e por algum motivo especial você tinha esse dinheiro guardado e resolveu comprar à vista.

Esse exemplo já começa muito otimista pois muitos brasileiros não tem 1% dessa quantia em suas contas bancárias.

Mas continuando: você comprou o imóvel e agora tem que pagar 3% (em São Paulo – SP) de imposto de transmissão (ITBI). Seu custo já começa em R$ 15.000,00 e é um dinheiro que talvez vá parar na cueca de algum político ao invés de ser usado para tapar aquele buraco na sua rua onde sua filha teve o infortúnio de cair de bicicleta e estourar a roda traseira. Trágico, eu sei.

Fora esse primeiro custo, muitos outros virão como: reforma, mobília, custos de manutenção, impostos e etc.

Se você tivesse escolhido alugar um imóvel os seus 500 mil poderiam ser aplicados em um fundo de investimento que rendesse cerca de 10% ao ano. E achar um fundo que renda isso não é difícil.

Apenas com os juros da aplicação seria possível pagar 1 ano de aluguel e ainda reinvestir o restante para aumentar seu capital, o que te ajudaria a ficar cada vez mais rico. Vamos falar melhor disso depois.

Mas sabe o que é o pior? Ao comprar o imóvel aqueles 500 mil reais vão, literalmente, se transformar em concreto e cimento até que você decida vender.

E quando chegar a hora de vender a chance de frustração é grande pois as pessoas vão pagar o preço de mercado e não necessariamente o valor que você quer.

Sabe aquela reforma que custou 40 mil reais? Talvez você nunca tenha esse retorno.



“Ah mas minha casa valorizou 200 mil reais e agora está valendo 700 mil após 3 anos”

Não, isso não é necessariamente verdade. Já tentou vender um imóvel antes?

É bem possível que na maioria das propostas o interessado vai oferecer um imóvel na troca que provavelmente você não vai se interessar. E se você quiser sair da cidade ou país isso acaba virando um grande problema, porque o tempo está contra você (no caso de uma proposta de emprego).

Um corretor me disse uma vez que a cada 10 propostas apenas 1 é à vista.

Existe uma grande chance de acontecer o seguinte na hora de vender sua casa:

Você irá falar com vários corretores de imóveis. Alguns com muita experiência de mercado e, caso você tenha sorte, um desses profissionais irá vender sua casa/apartamento com certa agilidade.

E quando a venda for concluída 6% do valor do seu imóvel se transformará em comissões para o corretor. E no nosso caso estamos falando de 30 mil reais em comissões.

Mas por outro lado existem pessoas que tem talento para serem qualquer coisa… menos corretor de imóveis. Não sei se um dia a vó deles disse que na época dela corretores ganhavam muito dinheiro e que eles deveriam tentar também.

Quando botei minha casa a venda alguns corretores na hora de avaliar o imóvel perguntavam por quanto a concorrência tinha avaliado antes mesmo de me dizer quanto o imóvel valia na opinião deles. E nunca, digo NUNCA um corretor entrou em contato comigo para agenciar a casa apenas para tentar vender sem nunca inventar uma história medonha sobre algum cliente fantasma. Eles SEMPRE diziam que “tinham um cliente interessado” mas nunca tal cliente foi visitar. Depois de dezenas de ligações nesse estilo eu simplesmente comecei a anunciar por conta própria.

Alugar: a solução inteligente

Minha família alugava um imóvel por aproximadamente 0,5% do seu valor de venda. Por 0,5% ao mês eu preferia aplicar na poupança, que é um “investimento” lixo, mas pelo menos o risco é muito menor e a liquidez é imediata.

Após várias decepções e alguma insistência da minha parte o imóvel foi vendido e o valor da venda foi aplicado num fundo de renda fixa que rende perto de 1% ao mês, ou seja, o dobro do que eles estavam recebendo anteriormente e sem risco.

Se levarmos em conta nosso exemplo do início do artigo seria possível alugar o imóvel de 500 mil por aproximadamente R$ 2.500,00 ao mês, ou 0,5% do valor da propriedade.

Ao alugar o imóvel você não precisa se preocupar com coisas banais como: cano estourado, problemas hidráulicos, vazamento de gás ou mesmo se você quebrar o vaso sanitário após aquela evacuada monstra o problema não é exatamente seu. O proprietário é responsável por praticamente toda a manutenção e reparos no imóvel.

Proprietários querem bons pagadores pois inquilinos que dão problemas podem virar uma dor de cabeça gigante para as pessoas que estão alugando seus imóveis. Então se você considera o aluguel da sua residência alto existe uma grande chance de você negociar um preço mais atrativo, pois o dono da sua casa não sabe se o próximo inquilino vai pagar em dia, e se não pagar ele terá que entrar com uma ordem de despejo que pode demorar meses ou até mesmo anos.

Um conhecido meu que estava alugando um apartamento resolveu entregar o imóvel no fim do contrato. Na hora de entregar as chaves o proprietário ligou oferecendo uma redução de 20% no valor do aluguel para ele ficar mais.

Esse fato aconteceu pois ele pagava em dia o aluguel, sem falta. E também nunca criou nenhum tipo de problema.

Investindo na sua vida

Ao investir aquele dinheiro que seria usado para comprar o imóvel próprio você não paga somente o aluguel do imóvel que você deseja morar como também vai sobrar para que você reinvista a diferença e aumente seu patrimônio.

Para ser mais específico: se você aplicar 500 mil reais a 10% ao ano você terá cerca de 50 mil reais ao final do período. Com esses 50 mil reais (sem descontar IR e afins) é possível pagar 30 mil de aluguel pelo ano inteiro pela casa exemplificada antes e ainda reinvestir 20 mil para você ficar ainda mais rico.

Para ilustrar melhor vou dar alguns exemplos do que seria possível fazer com R$ 20.000,00:

  • Comprar um carro decente;
  • Ir a Disney com sua esposa/marido e depois ainda passar no Havaí por poucos dias;
  • Investir em ações;
  • Fazer um MBA;
  • Começar o negócio dos seus sonhos;
  • Escrever aquele livro que você tanto quis e contratar pessoas para te ajudar;
  • Tatuar o corpo inteiro;
  • Pagar suas contas;
  • Comprar uma casa igual do Frodo dos Senhor dos Anéis (ok nada de comprar casa);
  • Virar um mestre na arte de cozinhar e ainda sobrar dinheiro;
  • Fazer cirurgia plástica;
  • Voar num caça militar;
  • Safari na África;




Vantagens e desvantagens em ter casa própria

Vantagens:

  • Orgulho em ter um imóvel seu
  • É possível personalizar e reformar do jeito que quiser
  • Controle do espaço que você mora
  • A casa é sua, não é preciso se mudar novamente
  • Possibilidade de ter animais de estimação, jardim e etc
  • Mais privacidade
  • Liberdade para reformar o imóvel

Desvantagens:

  • Você é responsável pela manutenção da sua casa
  • Possuir uma casa faz com que você tenha mais dificuldades em se mudar para outro lugar caso seja necessário
  • Não existe a certeza de que o imóvel vai valorizar
  • Risco de vender na época errada (crise financeira)
  • Você se obriga a ficar no local por mais tempo

Vantagens e desvantagem em alugar um imóvel

Vantagens

  • Liberdade
  • Menos dores de cabeça, proprietário é responsável pela manutenção e reparos
  • A sangria de $$ é estancada uma vez que você só precisa pagar o aluguel, sendo assim é possível criar um plano financeiro para sua vida
  • Você vive com mais dinheiro disponível para fazer outras coisas
  • Desapego
  • Não é preciso desembolsar centenas de milhares de reais para ter um lar

Desvantagens

  • A casa não é sua
  • Talvez no final do contrato você não possa ficar mais
  • Não é possível customizar a casa exatamente do seu jeito