O que Fazer para Ganhar Dinheiro com Artesanato

Algumas pessoas fazem artesanato em casa por puro lazer. Outras fazem porque sabem o que vender para ganhar um dinheiro extra. Apesar de existir muitos cases de sucesso de pessoas desempregadas que começaram a enriquecer vendendo artigos feitos à mão, fica a pergunta: o que fazer para ganhar dinheiro com artesanato?

Em sites na internet especializados no comércio de produtos artesanais é possível vender artigos feitos à mão, produtos vintage e matéria para a produção dos mesmos. E já existem pessoas que faturaram milhões de dólares em alguns meses em portais como o Etsy, que é o caso da americana Alicia Shaffer, que fatura cerca de 80 mil dólares (ou por volta de 250 mil reais) por mês.

Artesanato para ganhar dinheiro

Alicia vende meias e cachecóis de tricô no Etsy e apenas vendendo esses produtos ela ganha mais do que atletas e atores de sucesso (em alguns casos).

Muitos brasileiros já estão vendendo seus trabalhos manuais nesse marketplace mundial. É possível filtrar produtos por país e centenas de pessoas do Brasil já estão exportando seus produtos mundo afora.

Qualquer indivíduo com um pouco de criatividade e disposição pode montar uma loja virtual e começar vender em questão de poucos minutos, simples assim.

Somente em 2013 o portal contabilizou 850 milhões de dólares em vendas de produtos caseiros e a empresa estima que as vendas vão continuar subindo nos próximos anos.



Como vender no Etsy

Primeiro você deve pesquisar o que está em alta e tem muita procura. Para chegar na resposta certa é só visitar mercados locais (feiras) que vendam trabalhos manuais assim como também lojas maiores que possuem alguma seção com artesanato. Visitando fóruns na internet, olhando tendências no Pinterest também ajuda. No caso do Etsy é só filtrar e ver quais produtos vendem mais.

Outro caminho é fazer o que você realmente gosta, seguir sua paixão. De nada adiantará perder horas fazendo algum item que você não se interessa.  Manter a motivação é muito importante. Ao fazer algo que você detesta as chances de alcançar o sucesso diminuem.

Foque na qualidade da sua criação. O Etsy preza pela qualidade dos produtos comercializados em seu website. Se o que você fizer for tão bom ou melhor que a concorrência, irá vender, é só questão de tempo.

Na hora de escolher o preço o ideal é ter uma margem mínima de 30% (markup).

Tire fotos profissionais da sua criação e monte o anúncio pensando também em SEO. Escolher as palavras, títulos e tags certas é a receita para sua loja virtual deslanchar.

Vale a pena vender produtos feitos à mão no Etsy?

Sim. O Etsy é uma ferramenta poderosa para qualquer pessoa ter uma renda extra. E o melhor de tudo: se você não tem nenhuma habilidade para produzir produtos artesanais não tem problema, muita gente lucra apenas vendendo matéria prima e suprimentos para artesãos ou até mesmo artigos antigos (vintage).

É uma grande vantagem poder vender diretamente para o consumidor final e não existem muitos marketplaces assim. O Etsy se destaca mundialmente por vender itens exclusivos e feitos à mão, direto para o cliente.

A tarifa (taxa) cobrada pelo Etsy na data deste post é de 3,5% sobre o valor da venda assim como também 20 centavos de dólar para postar um novo anúncio. Uma economia e tanto comparando com o Mercadolivre, que cobra 11% sobre a venda e só é possível vender em território nacional.

Alternativas para o Etsy

O Etsy é focado em trabalhos manuais. Mas caso você queira ampliar a operação e oferecer seus artigos em outros sites poderá valer a pena, dependendo do caso.

Mercadolivre e Enjoei

Embora ambos sejam parecidos e não focam somente num tipo de produto específico ambos sites atraem milhões de usuários todos os meses, sendo o Mercadolivre um dos portais de compra e venda mais acessados do mundo e o Enjoei tem uma política de descontos um pouco mais agressiva por via de cupons, o que pode ser bom para o comprador na maioria dos casos.



Artfire

O Artfire é um site especializado na compra e venda de produtos feitos à mão (em inglês). Existe a possibilidade de postar um pedido específico para a comunidade de artistas para que produzam algo que você queira que ainda não achou. Vários artesãos vendem para o mundo inteiro, então é uma boa opção para quem quer vender internacionalmente.

Site próprio | Loja Virtual

Criar um website e vender sua produção lá é uma boa opção pois você não pagará taxas de comissão por venda. O único porém é que o tráfego de visitantes dependerá exclusivamente de você, o que pode ser complicado no início.